Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/03/20 às 16h27 - Atualizado em 6/04/20 às 16h17

Agentes do DER atuam nas rodovias durante o Carnaval

Profissionais orientaram os foliões a terem atitudes seguras no trânsito e realizaram a vigilância nas rodovias do DF

 

Uma das características do período de Carnaval é a tendência ao aumento do consumo de álcool, que, somado à direção, intensifica o risco de acidentes de trânsito.

 

A pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico 2019 (Vigitel) do Ministério da Saúde apontou que, no Brasil, 5,3% dos motoristas admitem dirigir após consumir bebida alcoólica e que, entre os homens, um a cada 10 condutores dirige alcoolizado.

 

Atento a estes números, que tendem a ser maiores nesta época, o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) reforçou as ações que visam educar e coibir infrações para preservar vidas nas rodovias do Distrito Federal, e promoveram conscientização durante a folia nos bailinhos infantis.

Educação de trânsito

 

Os agentes da Escola Vivencial de Trânsito (Transitolândia) realizaram, entre os dias 21 e 26 deste mês, ações educativas em dois bloquinhos de carnaval: o Baratinha e o do Terraço Shopping. Ao todo foram atendidas 6.500 pessoas, que foram orientadas e receberam kits alusivos ao trânsito seguro.

 

A vigilante Cleysa Cruz, de 42 anos, se divertiu ao lado da filha Camila (9 anos), e da afilhada Valentina (8 anos) no bloco Baratinha. Para ela as orientações da equipe de agentes do DER foram muito importantes não só para as crianças, mas também para os pais que se divertiam e aprenderam ao lado dos pequenos. “É muito bom ver que as crianças têm a oportunidade de aprender como agir no trânsito para manter a segurança delas mesmas. E eu estou aproveitando para aprender ou reforçar o que já sabia”, disse.

Fiscalização nas rodovias

 

Entre os dias 17 e 26 foram realizadas 15 operações nas rodovias distritais com temáticas diversas, sendo duas do tipo Álcool Zero, uma ação voltada aos motociclistas e outra direcionada aos caminhoneiros.

 

Durante a vigilância foram 53 autuações e uma prisão ligadas à alcoolemia, uma por motorista com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa e 40 por dirigirem com a carteira vencida, enquanto outros 25 condutores estavam inabilitados e outros 125 receberam multa por outras irregularidades. O número de veículos recolhidos para o depósito por diversas irregularidades chegou a 45. Neste período não foram registrados roubos ou furtos. As operações contaram com o apoio do Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV).

 

O diretor de fiscalização de trânsito do DER-DF Francisco Filho Chagas reforça que as ações de sua equipe não são voltadas para a aplicação de multas, mas sim para proporcionar, cada vez mais, segurança nas rodovias.

 

“Nosso intuito é manter a comunidade que trafega pelas vias sempre em segurança. E a época do carnaval aumenta o risco de imprudências no trânsito, principalmente em relação ao consumo de álcool por parte dos condutores. E nós estamos aqui para evitar, ao máximo, que isso aconteça e resulte em tragédias”, afirmou.

 

Para o diretor-geral do DER-DF, Fauzi Nacfur Júnior a junção entre educação e fiscalização reforça a atuação da autarquia em relação ao trânsito. “O Carnaval é uma festa que toma conta das ruas do DF, e com isso, redobramos nossa atenção e reforçamos nosso foco na questão da educação (para a manutenção de um trânsito seguro) e da fiscalização ( para vetar atitudes que causem risco de acidentes) para que a população tenha um carnaval em paz ”, explicou.

 

 

Transitolândia - Governo de Brasília

Escola Vivencial de Trânsito

Escola Vivencial de Trânsito Transitolândia - Parque Rodoviário do DER, Sobradinho, CEP: 73.001-970 Brasília - DF